festa de ipo - como funciona

O que é um IPO? Veja como funciona!

O IPO é um sigla da espressão inglesa Initial Public Offering ou, em português, Oferta Pública Inicial. Esse é o processo pelo qual passam as empresas que querem abrir seu capital para investimento de terceiros (público).

Um dos eventos do mercado financeiro acompanhados mais de perto pelos investidores são os IPOs. Principalmente de empresas que vem crescendo de forma privada. Eles marcam a estreia de uma empresa na Bolsa de Valores e costumam despertar curiosidade e interesse de investidores profissionais e pessoas físicas — além da ambição de obter ganhos. ㅤ

Normalmente, as empresas que fazem um IPO estão em um estágio de maturidade avançado dos seus negócios. Para as empresas, o IPO é um processo complexo e muitas vezes caro. Ele envolve uma mudança de mentalidade da gestão, métricas, KPIs e muitos relatórios financeiros, que passará a ter de fornecer para o mercado e conviver com novos acionistas. Por que, então, muitas delas optam por abrir o capital? Entenda algumas das principais razões:

Acesso a capital – Emitir ações é uma das maneiras que as empresas têm para levantar recursos para diversos investidores, pequenos ou grandes. Para se tornarem acionistas de uma companhia — e, com isso, poderem participar dos seus resultados — os investidores precisam comprar os papéis, entregando dinheiro em troca deles. Esses valores em geral financiam investimentos necessários para que a empresa cresça e prospere. Muitas empresas conseguem adquirir milhões ou até mesmo bilhões em IPOs.

Liquidez – Abrir o capital também pode representar uma maneira de as empresas darem liquidez a seus empreendedores ou sócios — ou seja, é uma possibilidade para que eles vendam suas ações a outros investidores do mercado, transformando papéis em dinheiro no bolso. Um forma de liquidar parte de suas ações reduzindo sua parte ou até mesmo saindo de sua posição.

Imagem – Quando uma empresa abre o capital precisa adequar seus processos internos e elevar tremendamente o nível de transparência sobre suas operações e resultados. Isso tudo para que os investidores tenham acesso detalhado ao que acontece nela e, assim, possam decidir sobre manter seus recursos aplicados ou não. Além de trazer muito mais visibilidade para empresa deixando-a conhecida internacionalmente através de fundos e investidores internacionais.

Passo a passo para entrar ou participar de um IPO

  1. Abra conta em uma corretora – As corretoras de valores são as instituições ou empresas que fazem a intermediação dos ativos ou papéis na bolsa de valores. Elas também são as responsáveis pela distribuição das ações compradas ou vendidas durante os IPOs. Se você está começando a investir, leia este artigo primeiro.
  2. Verifique que empresas estão abrindo o capital – Você pode consultar nos sites da CVM, da B3 ou junto à sua corretora que empresas estão realizando IPOs. Faça essa escolha com consciência e atenção. Procure conhecer o que cada companhia faz e analisar as perspectivas dos seus negócios. É importante saber os detalhes para evitar comprar ações e depois arrepender-se disso. Você conhece os principais erros mais cometidos pelos investidores?
  3. Faça um pedido de reserva – Na corretora que você tiver escolhido, solicite os documentos para fazer um pedido de reserva de ações. Nele você indicará o volume financeiro que gostaria de investir e a que valor das ações. Encaminhe o pedido e outros documentos que forem necessários e aguarde as próximas etapas do processo acontecerem. Pode ser necessário depositar garantias para assegurar a participação no IPO.
  4. Realize o pagamento – Quando o processo de bookbuilding for finalizado, ou seja, todos os papeis forem executados na prática, você será informado sobre o preço final dos papéis e também sobre o número exato deles que conseguirá adquirir. Transfira os recursos para sua conta para que o pagamento aconteça.
  5. Acompanhe o início das negociações – Os papéis começarão a ser negociador no pregão da B3 em seguida. Acompanhe o desempenho deles e também a performance da empresa, como você faria com qualquer outra.

E aí, gostou do processo de IPO? É bem emocionante, mas deve ser feito com muita cautela, já que durante o IPO você não terá muitas informações retroativas para avaliar a empresa. Então, tome cuidado, pois é um investimento de alto risco. Aproveitando, já conhece nosso grupo do Telegram?

Brasileiro, investidor curioso de renda variável, professor de pós-graduação na PUC Minas na área de Marketing Digital, atua como Consultor de Marketing Digital e Gestão de CRM atendendo empresas de diversos portes. Tem formação em Business Marketing pela Ohio University, Gestão de Pessoas e Especialista em Desenvolvimento Web pela PUC Minas e Produtor Multimídia pela UniBH. Também é fundador do Diário de Investimentos, Aplicativo Tricks (Guia Radical), Teste de Digitação Online e da Digitow - Plataforma de Digitação. No tempo livre é fotógrafo, viajante no mundo e praticante de esportes radicais. blogueiro no portal de experiências CV do Fábio.
Post criado 96

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo