Descubra se investir em criptomoedas é uma boa ideia e veja ainda quais as vantagens que esse universo é capaz de proporcionar

Vale a pena investir em Criptomoedas atualmente?

Investir em criptomoedas tem sido uma ação cada vez mais popular no mercado financeiro. Assim, as pessoas estão se interessando por essa maneira de aplicação, mas muita coisa precisa ser esclarecida ainda. Então, confira um guia com tudo sobre o tema.

Entenda melhor sobre investir em criptomoedas?

Definida como um tipo de dinheiro que funciona apenas de forma digital. Além disso, diferente do real e do dólar, ela não é emitida por um governo em específico. Ainda, essas moedas são criadas no que se chama rede de blockchain.

Ela é um sistema capaz de rastrear informações feitas na internet. Portanto, tudo isso é conectado em uma enorme rede de dados que não pode ser apagada. Então, é o blockchain que garante a segurança dessas moedas.

Conheça as mais famosas

Muitas pessoas acreditam que esse termo se refere apenas a uma espécie de dinheiro. No entanto, existem várias criptomoedas que os usuários podem adquirir. O Bitcoin sem dúvidas é a mais famosa de todas.

Essa moeda foi o marco inicial desse universo, sendo criada ainda em 2009. Assim, hoje é comercializada no mundo inteiro e é famosa pela sua volatilidade. Além disso, existem outras que também são populares, veja só.

  • Ethereum (ETH);
  • Litecoin (LTC);
  • Ripple (XRP);
  • Binance Coin (BNB).

Veja o que é preciso para investir em criptomoedas

Quem está interessado em começar a entrar nesse universo precisa entender alguns conceitos importantes. Portanto, um dos principais é o ETF, Exchange Traded Funds. Eles são fundos de investimentos e a forma mais conhecida de aplicar nesse mercado.

No caso dos ETFs, tudo acontece por meio da bolsa de valores, para facilitar o processo para os usuários. Também, conhecer as vantagens de investir em moedas digitais é essencial.

Os benefícios são dos mais diversos

Primeiro, todas as transações realizadas possuem um alto nível de segurança, tendo em vista a criptografia. Então, é mais fácil evitar imprevistos como roubos e fraudes. As moedas digitais também não passam por um órgão para concluir um pagamento.

Rapidez e acessibilidade são outras vantagens interessantes. No entanto, existem alguns pontos negativos que precisam ser considerados antes de tudo. Assim, a volatilidade e aceitação são alguns dos mais fortes.

Apesar de estar crescendo, investir em criptomoedas ainda é uma atividade pouco praticada. Dessa forma, poucos estabelecimentos permitem que você pague usando esse tipo de dinheiro.

Como começar a investir em criptomoedas: passo a passo 

Por mais que pareça complicado no começo, aplicar em moedas virtuais não é tão difícil. Então, basta seguir algumas dicas que vão facilitar mais esse processo. O primeiro passo é abrir uma conta em uma corretora de valores de sua confiança.

Agora, cuidado ao escolher uma dessas e garanta que ela permite esse tipo de transação. Em seguida, envie uma quantia em dinheiro para sua conta e comece a pensar nos ativos que você vai investir.

Defina tudo sobre seu investimento

O último passo é escolher o ETF e definir como será a sua aplicação. Além disso, a melhor maneira de deixar isso mais simples é a prática. Também, uma dica interessante é conversar com alguém que já conhece esses investimentos.

Isso permite coletar boas informações sobre a experiência dessa pessoa. Assim, fica mais fácil cometer os mesmos erros que ela quando estava começando. É uma troca que vale muito a pena.

Criptomoedas seguem em alta?

Uma das maiores desvantagens de se investir em criptomoedas é que elas são voláteis. Dessa forma, esses ativos podem valer muito em um dia e, no outro, sofrerem quedas. Inclusive, esse padrão já foi observado algumas vezes, no caso do Bitcoin.

Nesse ponto surge a importância de monitorar sempre suas aplicações. Portanto, quem deseja entrar nesse mercado precisa entender que existem sim riscos. Agora, acompanhar de forma constante seu dinheiro te ajuda a lidar melhor com situações perigosas.

Uma outra maneira de combater imprevistos e a volatilidade dessas moedas, é diversificando a carteira. Assim, caso algum ativo se desvalorize, tem-se dinheiro aplicado em outros.

Para o ano de 2022, algumas moedas tendem a ficar mais rentáveis. Então, vale a pena ficar alerta com relação a essas oportunidades. A Solana, Avalanche, Axie Infinity e Start Atlas DAO são alguns bons exemplos.

Vale mesmo a pena investir em criptomoedas?

De modo geral, aplicar nesse mercado de moedas virtuais é sim muito vantajoso. No entanto, é necessário muito cuidado para não tomar decisões precipitadas. Além disso, é importante estudar bastante sobre o assunto antes de começar a se aventurar.

Como é o seu dinheiro que está em jogo, esse é um esforço que vale a pena. Então, se você curte esse mundo financeiro e quer expandir seu alcance, investir em criptomoedas é uma ótima alternativa.

Por fim, não deixe de colocar em prática cada dica citada aqui. Lembre-se de avaliar tudo com calma e desenvolver estratégias para deixar sua carteira diversa. No mais, aproveite o que essas moedas são capazes de proporcionar.

Photo by Dmitry Demidko on Unsplash

Brasileiro, investidor curioso de renda variável, professor de pós-graduação na PUC Minas na área de Marketing Digital, atua como Consultor de Marketing Digital e Gestão de CRM atendendo empresas de diversos portes. Tem formação em Business Marketing pela Ohio University, Gestão de Pessoas e Especialista em Desenvolvimento Web pela PUC Minas e Produtor Multimídia pela UniBH. Também é fundador do Diário de Investimentos, Aplicativo Tricks (Guia Radical), Teste de Digitação Online e da Digitow - Plataforma de Digitação. No tempo livre é fotógrafo, viajante no mundo e praticante de esportes radicais. blogueiro no portal de experiências CV do Fábio.
Post criado 150

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo