Eduardo Saverin se tornou o brasileiro conhecido por ter feito parte da criação do facebook junto com Zuckerberg, veja mais sobre ele

Como é a história de Eduardo Saverin, conhecido como o brasileiro que ajudou a criar o Facebook?

Eduardo Saverin, que ficou conhecido como o brasileiro que ajudou na criação do Facebook, foi considerado pela revista Forbes em 2021 a pessoa mais rica do Brasil, ou seja, uma das mais ricas do mundo. Então, conheça aqui a sua história.

Leia também:

Vida de Eduardo Saverin

Em 1982, Eduardo Luiz Saverin nasceu na cidade de São Paulo. Entretanto, dez anos depois ele e sua família se mudaram para os Estados Unidos como uma forma de fugir do governo Collor que passava por uma difícil crise.

Família e talentos

Dinheiro nunca esteve em falta na família de Saverin. A princípio, seu avô foi o fundador da famosa marca infantil Tip Top, ou seja, de quem herdou a veia para empreender. Além disso, Eduardo desenvolveu outros talentos e teve importantes participações como:

  • Jogar xadrez muito bem;
  • Ser presidente de um grupo de investidores de Harvard;
  • Virar o primeiro investidor do Facebook;
  • Ter o endereço dos seus pais como o primeiro contato comercial do Facebook.

A sua inteligência, bem como, seus estudos em economia, fez com que Saverin criasse um fundo de investimentos de alto risco, o B Capital, em 2016.

Harvard

Foi em Harvard que Saverin conheceu Mark Zuckerberg, ou seja, foi na Universidade que tudo começou. Finalmente, a postura de Eduardo Saverin chamou a atenção de Mark que, em outras palavras, foi o motivo para dividir os planos do projeto com ele.

O Facebook

Após o lançamento do filme “A Rede Social”, as pessoas conheceram melhor a participação de Eduardo na criação do facebook e como foi o processo na justiça contra Mark Zuckerberg.

Mark Zuckerberg já estava a desenvolver o projeto “thefacebook” quando chamou Eduardo para fazer parte de sua ideia. De antemão, os dois alunos juntaram mil dólares e transformaram o que era um site para conectar alunos em uma empresa lucrativa.

A maior rede social do mundo

Hoje, o Facebook é a maior rede da história tendo mais de 2 bilhões de usuários ao redor do planeta que, sobretudo, segundo Zuckerberg, tem o objetivo de juntar pessoas, deixando o mundo mais transparente. 

Foi dentro dessa premissa que Eduardo Saverin participou da construção inicial dessa plataforma.

Foto: Eduardo ajudou a criar o Facebook, uma das redes sociais mais famosas do mundo.

Eduardo Saverin e o Facebook

Antes de se tornar a rede social mais famosa do mundo, o facebook se chamava thefacebook. Enquanto, 70% da empresa pertencia a Zuckerberg e os 30% restantes eram de Saverin, porém, uma linha do tempo dos fatos mostra:

  • Eduardo decide terminar seus estudos em Harvard, ou seja, não ir para o Vale do Silício com Mark e outros amigos;
  • Mark contrata Sean Parker para fazer os trabalhos que eram de Eduardo;
  • Zuckerberg o induziu a assinar um contrato para terminar a sociedade.

Os problemas entre os amigos começaram um pouco depois da abertura da empresa. Como resultado, Zuckerberg refez o estatuto e diminuiu a participação de sócio de Saverin antes de tirá-lo por completo do quadro de fundadores.

Justiça

Eduardo Saverin, então, entrou na justiça contra Mark Zuckerberg pelo fato de perder seus créditos de participação na criação do Facebook. No entanto, acabou por ganhar o direito de voltar a ter o seu nome entre os fundadores e leva hoje uma pequena parte da empresa.

Filme “A Rede Social”

Em 2010, o filme “A rede social” foi lançado e conta sobre a história do Facebook. Logo, tem-se Eduardo Saverin presente na pele do ator Andrew Garfield, onde fica conhecido no mundo como um dos co-fundadores da maior rede social que já existiu.

Cenas sobre Eduardo Saverin

Uma das principais cenas que envolvia Eduardo Saverin no filme é quando ele descobre ter sido expulso da sociedade e entra na sede do Facebook muito irritado, bem como, joga na parede um dos notebooks de Mark Zuckerberg.

Saverin diz que essa cena nunca aconteceu na vida real e que seu ataque de raiva foi só quando abriu um processo na justiça. Assim, hoje, ele carrega a verdade do que realmente aconteceu e o acordo que lhe garantiu alguns bilhões de dólares.

Saverin desiste da cidadania americana

Alguns meses antes da abertura de capital do Facebook, Saverin decide abrir mão da cidadania nos Estados Unidos. Antes de mais nada, houveram suspeitas de que isso se deu ao fato de não ter de pagar milhões em impostos sobre ganho de capital, contudo, ele nega.

Vida em Singapura

Após a saída dos Estados Unidos, então, Eduardo Saverin foi morar em Singapura junto com sua mulher e seu filho. A princípio, nunca esteve envolvido em outra empresa do tamanho do Facebook, porém, sua vida de empreendedor seguiu com sucesso.

  • Ao lado de seu amigo Raj Ganguly, abriu a B Capital;
  • Já faturou mais de U$1,4 bilhão;
  • Investe em empresas de tecnologia avançada na Europa, Ásia e EUA.

Mesmo com uma fortuna tranquila, Saverin não pretende se aposentar. Agora, tudo que ele faz é lidar com seu fundo de investimento e revezar seu tempo entre trabalho, família e viagens.

Brasileiro, investidor curioso de renda variável, professor de pós-graduação na PUC Minas na área de Marketing Digital, atua como Consultor de Marketing Digital e Gestão de CRM atendendo empresas de diversos portes. Tem formação em Business Marketing pela Ohio University, Gestão de Pessoas e Especialista em Desenvolvimento Web pela PUC Minas e Produtor Multimídia pela UniBH. Também é fundador do Diário de Investimentos, Aplicativo Tricks (Guia Radical), Teste de Digitação Online e da Digitow - Plataforma de Digitação. No tempo livre é fotógrafo, viajante no mundo e praticante de esportes radicais. blogueiro no portal de experiências CV do Fábio.
Post criado 154

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo