Como calcular o preço da minha empresa

Saiba como calcular o preço de uma empresa

Como calcular o preço da minha empresa é um questionamento comum no mundo financeiro, e este artigo vai ajudar a respondê-lo. Afinal, apresenta as melhores dicas para te ajudar nessa tarefa.

Continue lendo para saber não só como calcular, mas como aumentar esse valor. Além de conhecer todos os métodos mais usados no mercado para isso.

Como calcular o preço da minha empresa: entenda o valor do negócio

Uma dúvida comum no mercado é: como calcular o preço da minha empresa, porque essa informação pode ser importante para muitas transações dentro de uma corporação. Aliás, esse cálculo não tem a ver com o presente, mas com o valor futuro do grupo.

Valuation

O valuation é um processo fundamental para o processo de venda de uma empresa. Uma vez que esse termo está relacionado com o cálculo justo do valor de um grupo.

Atribuir um valor muito alto para a venda pode fazer com que o comprador se desinteresse. Por outro lado, se for muito barato acaba sendo prejudicial para quem vende. Por isso, é tão necessário ter um método de cálculo como o valuation.

Serve não só como uma ferramenta para empresas, mas para investidores da bolsa de valores. Porque auxilia no cálculo, assim, eles podem ver quando a corporação está “barata” ou com preço muito alto.

Avalie o mercado

Conhecer o mercado que está inserido é o melhor meio de ter um cálculo justo. Quem tem essa dúvida de como calcular o preço da minha empresa precisa ver o ambiente em que está inserido.

Porque aprender como calcular o preço da minha empresa

Com a informação de como calcular o preço da minha empresa muitas portas podem se abrir. Visto que, com ela você pode ter melhores informações para conseguir um investidor. Mesmo que seu objetivo não seja vender toda empresa, esse cálculo pode te ajudar.

A avaliação do valor do seu grupo pode ajudar a entendê-lo, porque assim, será possível ver o que prejudica e o que valoriza. Enfim, entender o fluxo do caixa e puxar dados históricos ajuda a conhecer a empresa

Como calcular o preço da minha empresa para a venda

Saber isso é muito importante para a venda ou a compra de uma corporação. Já que facilita o negócio, porque muitas vezes as partes interessadas não chegam a um acordo. Então, conhecer os detalhes de como calcular o preço da minha empresa é essencial.

Para chegar a esse valor é importante conhecer bem sobre finanças e mercado. Também, existem alguns métodos para fazer essa análise:

  • Cálculo do fluxo de caixa descontado;
  • Múltiplos de mercado;
  • Valor patrimonial.

Desconte o fluxo de caixa

O fluxo de caixa descontado é um cálculo no qual incide um desconto. Essa taxa tem o objetivo de reduzir o valor que a empresa pode receber nos anos futuros. Evitando assim, a possibilidade de prejuízos futuros para o comprador como:

  • Taxa de risco;
  • Custo de oportunidade;
  • Depreciação.

Múltiplos de mercado

Outra alternativa de método para saber o valor do negócio é a avaliação do mercado. Nesse caso, o desempenho da instituição comparado com outras do mesmo ramo é o que conta. Enfim, é uma alternativa de como calcular o preço da minha empresa.

Valor patrimonial

O valor patrimonial é um método para quem tem pressa. Ou seja, quem está tendo prejuízos e com risco de ir à falência. Logo, basta calcular o valor atual do grupo no mercado.

Exemplos de como calcular o preço da minha empresa

Existem muitos métodos para calcular o valor da empresa. Entretanto, o mais comum é o fluxo de caixa descontado. Por esse motivo, a seguir entenda melhor este método.

Para quem se pergunta como calcular o preço da minha empresa aqui vai o passo a passo. Em geral, são três pontos fundamentais para isso.

Fluxo de caixa

O primeiro é ter uma base de qual será o fluxo de caixa nos próximos períodos. Não existe limite de tempo para fazer esse cálculo, mas a maioria das empresas usa uma estimativa de cinco anos. Após esse tempo, projeta-se um valor perpétuo.

No segundo passo, você precisa calcular uma taxa de risco como foi dito anteriormente. E esse valor é composto pelo custo do capital próprio e de terceiros.

Como terceiro passo, tenha o cuidado de trazer todos os valores da corporação para o presente. Ou seja, não devem ter base em acontecimentos passados. Por fim, é só usar a fórmula matemática do fluxo de caixa que atualiza todos os valores.

Como calcular o preço da minha empresa: aumente seu valor

Depois de sanar sua dúvida de como calcular o preço da minha empresa é preciso agregar valor a ela. Então, é importante saber que muitos fatores estão envolvidos nesse processo. Logo, existe um conjunto de medidas a serem adotadas para que isso aconteça.

A seguir, entenda o que você deve fazer. Assim, poderá agregar valor ao seu grupo e, mesmo que não pretenda vender sua corporação, isso pode ser bom a longo prazo.

  • Ter produtos e entregar serviços de qualidade;
  • Possuir capacidade de  gerar um caixa firme e constante;
  • Apresentar a capacidade de inovação se for necessário;
  • Ser competitivo dentro do mercado;
  • Ter uma cartela de clientes fiéis;
  • Utilizar sistemas eficientes para gerenciar a empresa;
  • Cuidar do nome da marca e do patrimônio.

Tempo certo: saiba quando e como calcular o preço da minha empresa

Caso a sua dúvida não seja apenas como calcular o preço da minha empresa, mas quando é o tempo certo para isso, esse tópico é para você. Contudo, entenda que sempre deve-se saber quanto seu grupo vale, porque isso é algo de grande valor para o negócio.

Com essa informação em mãos é possível saber os erros e acertos da corporação. Não só como calcular o preço da minha empresa, mas também saber em quais setores é preciso investir mais. 

Para quem deseja vender a totalidade do grupo isso é de grande importância. Já que isso evita muitos transtornos na hora da negociação com o comprador. Afinal, todas as partes querem ter um bom negócio. 

Imagem de sigre por Pixabay

Brasileiro, investidor curioso de renda variável, professor de pós-graduação na PUC Minas na área de Marketing Digital, atua como Consultor de Marketing Digital e Gestão de CRM atendendo empresas de diversos portes. Tem formação em Business Marketing pela Ohio University, Gestão de Pessoas e Especialista em Desenvolvimento Web pela PUC Minas e Produtor Multimídia pela UniBH. Também é fundador do Diário de Investimentos, Aplicativo Tricks (Guia Radical), Teste de Digitação Online e da Digitow - Plataforma de Digitação. No tempo livre é fotógrafo, viajante no mundo e praticante de esportes radicais. blogueiro no portal de experiências CV do Fábio.
Post criado 90

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo