ações de bancos para investir

Ações de bancos: saiba quais são as instituições listadas na bolsa

Já não restam dúvidas de que o setor bancário é um dos mais lucrativos não só da economia nacional, mas também em nível mundial. Algumas das instituições bancárias brasileiras, por exemplo, estão entre as mais relevantes do planeta. Ao lado do Santander, são os bancos que mais geram lucro no mundo, conforme levantamento da Economática.

A rentabilidade sobre o patrimônio líquido (ROE) desses bancos também se destacam por quase chegar nos 20%. O Itaú segue como a marca mais valiosa do Brasil. Logo, as ações de banco como estes são muito procuradas como sinônimo de investimento seguro.

Neste artigo, vamos educar você, amigo leitor, sobre quais são as ações de bancos disponíveis na bolsa brasileira para incluir também na sua carteira, após um cuidadoso estudo.

Market Share e concentração bancária

Antes de entrar na listagem das ações de bancos na B3, é importante chamar a atenção sobre o market share e a concentração bancária no Brasil. Conforme levantamento recente do Banco Central, os cinco maiores bancos em atuação no país (Bradesco, Banco do Brasil, Itaú, Caixa e Santander) terminaram 2019 com 83,7% do mercado de crédito e 83,4% dos depósitos totais.

Tal concentração, por um lado, favorece a lucratividade dessas instituições; por outro, reduz a possibilidade de novos entrantes nesse mercado, a menos que ofereça uma solução inovadora. Não a toa as fintechs começam a crescer. Não por oferecer o mesmo serviço que os bancões, mas justamente por oferecer o diferente e o mais barato.

Logo, o investidor deve estar ciente que, se resolver investir em bancos menores, tais instituições enfrentam uma concorrência muito acirrada e com players gigantescos.

Ações PN, ON e Units

Como já mencionamos em outros artigos aqui no blog, os critérios de governança devem pautar o interesse do investidor na sua análise de uma ação. Das principais ações de bancos na B3, apenas o Banco do Brasil está listada como uma instituição do Novo Mercado. Em uma live recente, o fundador do site de análise fundamentalista Fundamentei, Eduardo Cavalcanti, abordou a questão que perpassa o desinteresse dos bancões em migrar para o segmento mais alto de governança, mantendo suas ações PN e, em outros casos, ações Units.

A explicação nos leva a crer que tais instituições não desejam abrir mão do controle da companhia, bem como ter melhor controle sobre a entrada de investidores estrangeiros, obedecendo a legislação vigente.

Portanto, o investidor também deve aceitar que as principais ações de bancos não terão os mais altos níveis de governança. Essa análise deverá concentrar em outros fatores, como transparência, profissionalização da gestão, remuneração dos executivos, etc. Vamos, então, conhecer quais papéis são esses?

Principais ações de bancos da bolsa brasileira

Sem mais delongas, vamos conhecer as principais ações de bancos que você pode investir!

1. Itaú Unibanco (ITUB3/ITUB4)

Marca mais valiosa do Brasil, o Itaú Unibanco responde por 6,405% da variação do Ibovespa. Suas ações mais negociadas são as preferenciais (PN), mas as ordiniárias (ON) tem bastante liquidez. O Itaú tem valor de mercado superior a R$ 227 bilhões e também responde pela grande maioria do lucro da holding Itaú SA (ITSA). Site do RI: https://www.itau.com.br/relacoes-com-investidores.

Cotação de ITUB4 nos últimos 5 anos

Fonte: B3

DRE de ITUB

2. Bradesco (BBDC3/BBDC4)

Assim como Itaú, as ações do Bradesco tem alta liquidez tanto nas ONs quanto nas PNs. É um dos bancos mais antigos do Brasil, além de ser um dos mais lucrativos. Em outro artigo aqui no blog, coloquei o Bradesco entre as minhas ações favoritas. Tem excelente market share e agora está também entrando no segmento dos bancos digitais com o Next, a fim de fazer frente em nomes como Nubank e Banco Inter. Site do RI: https://www.bradescori.com.br/siteBradescoRI.

Cotação de BBDC4 nos últimos 5 anos

Fonte: B3

DRE de BBDC

3. Banco do Brasil (BBAS3)

Como mencionamos, o único banco listado no Novo Mercado. Sua lucratividade não é questionável, mas, como fator negativo, temos a presença do Governo como acionista. Para quem vai comprar esses papéis para o longo prazo, tem que aceitar essa questão de governança. Várias conversas e notícias tem sido veiculadas sobre a privatização do banco, mas ainda sem definições. Site do RI: https://ri.bb.com.br.

Cotação de BBAS3 nos últimos 5 anos

Fonte: B3

DRE de BBAS

4. Santander (SANB11/SANB3/SANB4)

O maior volume de negociações desse papel de concentra nas ações Units. Banco de origem espanhola com atuação no Brasil é um raro exemplo de banco estrangeiro conseguindo uma inserção sólida e competitiva no mercado nacional. O free float baixíssimo mostra que a direção não tem a menor intenção de ceder controle da companhia. Site do RI: https://www.santander.com.br/ri.

Cotação de SANB11 dos últimos 5 anos

Fonte: B3

DRE de SANB

5. Banco BTG Pactual (BPAC11)

As ações Units também concentram o maio volume de negócios desse banco. Bem menor que os anteriores e com menos fatia de mercado, mas com bons números nas margens. Seu lucro variou entre 1 e 3,5 bilhões nos últimos 5 anos. Site do RI: http://ri.btgpactual.com.

Cotação de BPAC11 nos últimos 5 anos

Fonte: B3

DRE de BPAC

6. Banco Inter (BIDI11/BIDI4/BIDI3)

Banco com forte atuação no digital e soluções mais baratas que os bancões tradicionais. Recentemente, fez o lançamento de ações Units no mercado, um mau sinal de governança. No entanto, em termos de cotação, foi um dos papeis que mais registrou subida nos últimos dois anos, impulsionada pelo IPO e por um bom momento de interesse pela forma como o banco almeja conduzir seus negócios, ou seja, tentando ser mais que meramente um banco. Site do RI: https://ri.bancointer.com.br.

Cotação de BIDI4 nos últimos 5 anos

Fonte: B3

DRE de BIDI

Fonte; Status Invest

7. Banco BMG (BMGB4)

Banco mineiro que fez IPO recentemente. Vai concentrar os seus negócios nas ações PN com 100% de tag along. O free float abaixo de 1% nas ações ON reflete o desinteresse da empresa em ter sócios e sim encontrar financiadores. Não há nada de excepcional nos seus lucros, apesar de estar em crescimento. Seus dados de PDD em relação ao lucro líquido também são bem preocupantes para o acionista. Site do RI: http://bancobmg.mzweb.com.br.

Cotação de BMGB4 nos útlimos 5 anos

Fonte: B3

DRE de BMGB

Fonte: Status Invest

8. Banrisul (BRSR3)

Banco gaúcho com mais de 90 anos de existência e 10 mil funcionários. Tem participação do governo do Rio Grande do Sul e free float baixo, indicadores problemáticos de governança para o pequeno acionista. O lucro tem se mantido na casa de R$ 1 bi há algum tempo. O PDD também é um ponto de atenção desse banco. Site do RI: ri.banrisul.com.br.

Cotação de BRSR3 nos últimos 5 anos

Fonte: B3

DRE de BRSR

Fonte: Status Invest

9. Banco PAN (BPAN4)

Banco com participação do governo (Caixa Participações detém 49% das ações) e negocia apenas ações PN, o que o coloca apenas no nível 1 de segmento de listagem. O PDD supera em muito o lucro do banco, colocando-o em uma posição delicada. Por outro lado, a receita e o lucro líquido tem registrado aumento nos últimos anos. Site do RI: https://ri.bancopan.com.br.

Cotação de BPAN4 dos últimos 5 anos

Fonte: B3

DRE de BPAN

Fonte: Status Invest

10. Banco ABC (ABCB4)

Empresa do nível 2 no segmento de listagem, baixo free float nas ON e negócios concentrados nas PN. Em relação aos bancos menores, é o que tem números mais confortáveis para o acionista analisar se deseja ser sócio, mesmo ponderando as questões de governança. Site do RI: https://ri.abcbrasil.com.br.

Cotação de ABCB4 nos últimos 5 anos

Fonte: B3

DRE de Banco ABC

Fonte: Status Invest

11. Banco Mercantil do Brasil (BMEB3, BMEB4)

Banco tradicional do mercado brasileiro com quase 80 anos de existência. Está no segmento de listagem tradicional e suas receitas de intermediação financeira giram na média de R$ 2,5 bi. Site do RI: https://mercantildobrasil.com.br/RelacoesInvestidores.

Cotação de BMEB4 nos últimos 5 anos

Fonte: B3

DRE de BMEB

Outras ações de bancos da bolsa brasileira

Podemos dizer que os bancos apresentados anteriormente são os mais procurados por investidores nacionais. No entanto, há outros de menor expressão que estão listados e negociando seus papéis na B3. São eles:

12. Banco do Nordeste (BNBR3)

A União Federal detém 55% das ações do banco. Concentra sua força na atuação como banco de desenvolvimento. Site do RI: https://www.bnb.gov.br/relacao-com-acionistas-e-investidores.

13. Banco de Brasília (BSLI3/BSLI4)

Banco também com alta participação do governo do Distrito Federal. Atua no Distrito Federal e regiões de influência e tem pontos de atendimento em mais 6 estados. Site do RI: http://ri.brb.com.br.

14. Banestes (BEES3/BEES4)

O sócio najoritário é o governo do estado do Espírito Santo. Tem o pior site de relações com investidores que eu particularmente já vi. Site do RI: https://www.banestes.com.br/ri.

15. BANPARA (BPAR3)

O estado do Pará é o sócio majoritário deste banco. O banco se define como comprometido com o desenvolvimeto socioeconômico do Pará Site do RI: https://ri.banpara.b.br.

16. Banco da Amazônia (BAZA3)

A União reaparece como sócia majoritária de um banco. Seu mercado de atuação é a região norte do Brasil. Site do RI: https://www.bancoamazonia.com.br/index.php/component/edocman/relacoes-investidores.

17. Banco Alfa (BRIV3/BRIV4)

Banco voltado ao crédito a grandes empresas. Baixo free float nas ONs e PNs sem tag along. Site do RI: https://bancoalfa.com.br/investimentos/home/informacoesaosacionistas.ashx.

18. Banco Pine (PINE3/PINE4)

Banco que também tem uma orientação de mercado ao crédito para clientes de grande porte. Apresenta prejuízo em cima de prejuízo. Atenção, pequeno investidor! Site do RI: https://ri.pine.com.

19. Banese (BGIP3/BGIP4)

Banco voltado ao desenvolvimento da economia do Sergipe. De acordo com a definição do Relações dom Investidores, “atua fortemente no segmento de Varejo, principalmente nas operações direcionadas aos servidores públicos com recebimento de salário pelo Banco, bem como no financiamento ao capital de giro das PMEs. Site do RI: https://ri.banese.com.br.

20. Banco Indusval (IDVL3/IDVL4)

O antigo banco Indusval agora se chama Voiter. Site do RI: https://www.bip.b.br/ri.

Como pudemos perceber, são muitas as opções de ações de bancos listadas na bolsa nacional, embora a concentração bancária no país seja muito alta e restritiva à entrada de novos participantes. Um fator a se observar é o quanto as fintechs vão agitar e modificar o modo de atuação destas instituições financeiras.

O pequeno acionista, ao incluir ações de bancos na sua carteira de investimentos deve estar atento e fazer análises cuidadosas sobre a rentabilidade do banco, satisfação dos clientes, PDD, governança, lucratividade, o quanto ele seria prejudicado por novos entrantes, legislação bancária, entre outras. Não resta dúvida de que é um setor lucrativo, mas o cuidado na escolha dos papeis para se carregar para o longo prazo deve permanecer cuidadoso.

Gostou desse artigo? Então siga o @diariodeinvestimentos no Instagram e acompanhe as novidades!

Post criado 15

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo