Letras de Credito imobiliario e do agronegocio - lci e lca

O que são LCI e LCA?

A LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e a LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) são dois tipos de investimento em renda fixa isentos de Imposto de Renda, que costumam garantir retornos bem superiores ao da poupança com riscos similiares ou iguais.

Ambas, são muito parecidas com os CDBs emitidos pelos bancos, ou seja, quem compra esses papéis “empresta” dinheiro para uma instituição financeira. Em troca, recebe uma remuneração – juros – durante o período em que mantiver os recursos aplicados.

Veja as principais diferenças!

LCI – Letras de Crédito Imobiliário

As letras de crédito imobiliário, por exemplo, são lastreadas na carteira de empréstimos relacionados ao setor imobiliário mantida pelas instituições emissoras. Elas podem ser lançadas pelos bancos, mas não apenas. Também podem ser utilizadas por sociedades de crédito imobiliário, associações de poupança e empréstimo e companhias hipotecárias que queiram captar recursos.

LCA – Letra de Crédito do Agronegócio

O lastro das LCAs podem ser empréstimos concedidos a produtores rurais ou cooperativas, incluindo financiamentos relacionados tanto à produção quanto à comercialização, beneficiamento ou industrialização de produtos agropecuários, insumos ou até máquinas e implementos usados no setor.

Rentabilidade

As LCIs e as LCAs seguem uma lógica parecida de remuneração para os investidores. São papéis que podem tanto ser prefixados quanto pós-fixados – ou ainda, atrelados à variação da inflação. As estruturas mais comuns são:

  • Letras prefixadas
  • Letras pós-fixadas
  • Letras atreladas à inflação

Liquidez

As LCIs e LCAs, na média, são consideradas investimentos de liquidez inferior à de outros produtos de renda fixa. Significa que o grau de dificuldade para transformar os papéis em dinheiro novamente, resgatando os recursos, é maior do que o dos títulos públicos ou os CDBs.

Risco

Uma vantagem é o fato de que tanto as letras imobiliárias quanto as do agronegócio são cobertas pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Assim, no caso de a instituição financeira quebrar, o investidor recebe de volta até R$ 250 mil do valor aplicado.

Tributação e taxas

É nesse ponto em que está o maior atrativo das letras de crédito: tanto as LCIs quanto as LCAs são isentas de Imposto de Renda. Isso quer dizer que a rentabilidade obtida já é líquida – dela não é preciso descontar mais nada.

Para saber a diferença de rentabilidade entre LCIs, LCAs e CDBs, é possível utilizar uma calculadora de renda fixa para ver os resultados.

Brasileiro, investidor curioso de renda variável, professor de pós-graduação na PUC Minas na área de Marketing Digital, atua como Consultor de Marketing Digital e Gestão de CRM atendendo empresas de diversos portes. Tem formação em Business Marketing pela Ohio University, Gestão de Pessoas e Especialista em Desenvolvimento Web pela PUC Minas e Produtor Multimídia pela UniBH. Também é fundador do Diário de Investimentos, Aplicativo Tricks (Guia Radical), Teste de Digitação Online e da Digitow - Plataforma de Digitação. No tempo livre é fotógrafo, viajante no mundo e praticante de esportes radicais. blogueiro no portal de experiências CV do Fábio.
Post criado 96

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo