A restrição interna é uma situação que atinge muitos brasileiros, descubra se você faz parte desse grupo e tire as suas dúvidas

Você sabe o que pode gerar uma restrição interna no seu CPF? Descubra já

Muitos brasileiros não sabem o que o termo restrição interna no CPF significa. No entanto, ele se refere a um tipo de situação bastante comum no país. Dessa forma, é essencial que esse assunto seja cada vez mais discutido no intuito de evitar problemas nas finanças.

O que é restrição interna?

As pessoas que se encontram nesse cenário de restrição estão com seu CPF negativado. Portanto, isso significa que alguma dívida não foi paga em certo momento. Além disso, o seu nome está na lista do Serasa e também de instituições financeiras.

Pesquisas apontam que mais de 20% da população brasileira se encontra nesse status. Além disso, a Serasa Experian é um dos órgãos que afirma isso. Agora, caso esteja se perguntando o motivo de tanta gente enfrentar esse problema, não existe resposta simples.

A pandemia, desemprego e outros fatores podem causar isso. No entanto, vale lembrar que o nome de uma pessoa não entra nessa lista de uma vez. Assim, o credor sempre vai cobrar antes de várias formas:

  • Por e-mail, 
  • Via telefone, por ligação ou WhatsApp;
  • Cobrança presencial.

Uma situação que só acontece em último caso

Caso todas as tentativas de cobrança falhem, de fato, aí sim o indivíduo vai viver o que se chama de restrição interna no CPF.

Como consultar a situação do seu CPF?

Hoje, uma das maneiras mais simples de fazer isso é pelo site do Serasa. Então, basta ter o número do CPF em mãos e seguir algumas instruções bem básicas e elas vão te mostrar seu status:

  1. Entre na página oficial da Serasa;
  2. Vá em consultar CPF;
  3. Os que não têm conta no site devem criar uma;
  4. Faça o login com seu CPF e senha;
  5. Selecione a opção “meu CPF” e veja como ele se encontra.

Em menos de 10 minutos é possível verificar isso. No entanto, dá para saber como está a situação do seu CPF também pelo site do Banco Central. Em resumo, existe mais de uma maneira de fazer essa checagem. 

Foto: Consultar a restrição interna é um processo bem simples que pode ser feito online.

Essa situação pode bloquear o seu crédito bancário?

Ao contrário do que muitos pensam, isso nem sempre acontece. Assim, a lista de restrição interna não é usada de maneira individual nesse caso. Então, a instituição sempre vai analisar todo o histórico do indivíduo antes de conceder ou não o crédito bancário como:

  • O cliente costuma ter muitas dívidas;
  • A dívida do cliente é uma situação pontual no seu perfil de pagador.

Esses são alguns pontos que são avaliados pelos bancos. Por último, apesar de nem todas as vezes haver o bloqueio do crédito, não há dúvidas de que o CPF nessa situação dificulta na hora de buscar esse tipo de opção financeira.

A restrição interna atrapalha na hora de fazer um crediário?

No caso das lojas, o sistema é um pouco diferente. Então, primeiro vale ressaltar que cada local funciona de uma maneira. No entanto, na maioria das vezes, quem tem o CPF negativado consegue sim fazer um crediário.

Isso porque, as lojas entendem que essa não é uma situação simples de resolver. Dessa forma, tem pessoas que passam anos na lista de restrição interna. Assim, é comum que a relação comercial seja mais importante neste sentido.

Mesmo assim, alguns negócios ainda avaliam muito o status dos seus clientes. Então, não ache que todo lugar vai seguir essa lógica, pelo contrário. Em resumo, o melhor é sempre evitar esse tipo de problema.

É possível tirar o seu nome da lista de restrição interna?

Sem sombra de dúvida esse é um tipo de situação que pode ser revertida. No entanto, é importante ressaltar que o processo nem sempre é simples e rápido. Algumas dicas de como resolver esse problema são:

  • Busque entrar em contato com o credor;
  • Veja maneiras de fazer a negociação de dívidas com o banco;
  • O comprovante de quitação não pode faltar.

1- Entre em contato com o credor

O primeiro passo para se livrar de uma dívida é buscar a instituição para a qual você deve. Assim, juntos é possível começar a pensar em uma maneira de resolver a situação de modo favorável a ambas as partes.

2- Negocie a sua dívida 

Muitas pessoas não conseguem quitar a dívida, seja ela qual for, de uma vez. No entanto, elas têm liberdade para tentar negociar. Portanto, parcelar o valor total é sempre uma opção que vale analisar para sair da restrição interna.

3- Solicite comprovante de quitação

Depois que o acordo for feito, não deixe nunca de solicitar os comprovantes. Então, se você está pagando em parcelas, exija a nota de pagamento. Acredite, isso é capaz de te livrar de situações bem desagradáveis.

Busque sempre ter uma situação financeira saudável

No intuito de evitar esse tipo de problema com o seu CPF, existem algumas dicas que você pode colocar em prática. Assim, elas vão te ajudar a ter um controle maior sobre o seu dinheiro, de modo que fica mais fácil quitar todas as dívidas:

1- Seja realista

Esse é o primeiro passo para não se perder quando se fala na sua situação financeira. Dessa forma, é essencial ter uma noção completa da sua atual realidade. Isso te impede de gastar mais do que pode e além disso, permite que você cuide melhor da sua renda.

2- Aprenda a se planejar para evitar a restrição interna

Quem não se planeja quase nunca consegue ter um bom controle de gastos. Então, use ferramentas que estão ao seu alcance como planilhas e aplicativos. Assim, registre quanto recebe, quanto se gasta e desse modo, se livre a todo custo da lista de restrição interna.

3- Separe sempre os seus gastos

Existem vários tipos de gastos como os essenciais e os supérfluos. Portanto, ter essa noção te ajuda a entender como poupar dinheiro da forma mais eficiente e sem estresse.

Fuja da lista de restrição interna

Agora você já conhece o que esse termo quer dizer e melhor ainda, sabe o que fazer para se livrar do que ele representa. Então, coloque todas as dicas em prática e tenha uma vida financeira mais saudável.

Perguntas frequentes

Como tirar uma restrição interna?

Você pode primeiro fazer uma reclamação com o PROCON ou então abrir uma ação judicial. Além disso, no caso de bancos, é possível procurar outra instituição financeira.

O que fazer para consultar uma restrição interna?

Hoje, uma das formas de saber se o seu CPF se encontra nessa situação é entrando em contato direto com o seu banco. Isso tanto pelo app ou por telefone.

Como tirar restrições do meu CPF?

Nesses casos, a melhor maneira de resolver o problema é sempre negociando a dívida. Então, quando ela não pode ser quitada, vale a pena ver outras opções como parcelar.

Foto por wayhomestudio – br.freepik.com

Brasileiro, investidor curioso de renda variável, professor de pós-graduação na PUC Minas na área de Marketing Digital, atua como Consultor de Marketing Digital e Gestão de CRM atendendo empresas de diversos portes. Tem formação em Business Marketing pela Ohio University, Gestão de Pessoas e Especialista em Desenvolvimento Web pela PUC Minas e Produtor Multimídia pela UniBH. Também é fundador do Diário de Investimentos, Aplicativo Tricks (Guia Radical), Teste de Digitação Online e da Digitow - Plataforma de Digitação. No tempo livre é fotógrafo, viajante no mundo e praticante de esportes radicais. blogueiro no portal de experiências CV do Fábio.
Post criado 141

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo