Os REITs são um tipo de investimento imobiliário americano que é usado por muitos investidores que querem diversificar as suas carteiras

REITs: o que são e como investir a partir do mercado do Brasil?

Os REITs são um tipo de investimento exclusivo do mercado americano. Portanto, é ideal para quem deseja diversificar a carteira e internacionalizá-la. A seguir, você confere como investir nesses ativos, além disso, fica por dentro dos prós e contras de fazer isso.

Leia também:

Entenda o que é Real Estate Investment Trusts

Antes de tudo, são empresas que tem como foco o mercado imobiliário. Por isso, elas adquirem imóveis e os gerenciam para obter lucros para os seus investidores.

Esse conceito surgiu em 1960 e desde então, atrai muitos americanos que buscam diversificar suas carteiras. Dessa forma, assim como os investimentos de renda variável da bolsa, os REITs também sofrem com as variações do mercado.

Diferença entre os FIIs do Brasil e os REITs

Por estar disponível no mercado de imóveis, ele é muito comparado aos fundos imobiliários do Brasil. No entanto, há grandes diferenças entre as duas modalidades.

A primeira delas é que os REITs são ações, enquanto os FIIs são fundos de investimentos. Portanto, nos EUA, há uma empresa que conta com um corpo administrativo e um CEO. Já aqui, existe apenas um gestor de fundos.

Outra distinção é em relação às divisões dos lucros. Isso porque, no primeiro caso, a organização deve repassar cerca de 90% das rendas para os investidores. Por outro lado, nos FIIs, o repasse dos lucros é de 95%. Por último:

  • Nos EUA, os lucros se dividem de modo trimestral;
  • Enquanto que no Brasil, os dividendos são pagos todos os meses.

Tipos de REITs

Essa modalidade possui dois tipos, o Mortgage e o Equity. Então, esse primeiro não negocia imóveis de forma direta, mas sim hipotecas, certificados e recebíveis. 

Já o segundo, há um investimento imobiliário, por exemplo, em empreendimentos ou ainda em terrenos. Também existe o Hybrid REIT, que combina os dois tipos citados, pois a empresa pode investir tanto em imóveis quanto em títulos. 

Nos EUA, no entanto, o que prevalece mais são os Equity, que possuem investimentos em vários setores como:

  • Escritórios;
  • Apartamentos e casas;
  • Centros comerciais;
  • Hospitais;
  • Shopping centers;
  • Galpões;
  • Hotéis e resorts.

Veja como investir em REITs pelo mercado brasileiro

No geral, é preciso ter uma conta em uma corretora americana, logo, esse é o primeiro caminho. Mas, também dá para investir nesse tipo de ativo por meio da própria bolsa de valores brasileira, a B3. Para isso, então, o investidor tem duas opções:

  • ETFs (Fundos de Índice);
  • BDRs (Certificados de Depósito de Valores Mobiliários).

Como funcionam

Esses primeiros acompanham apenas um indicador. Assim, em relação aos REITs, tem opções que seguem índices do mercado de imóveis dos EUA e que replicam os resultados para aqueles que investem no Brasil. Por exemplo, o ETF ALUG11.

Com isso, os ETFs se expõem mais ao mercado estrangeiro e dão a chance de dolarizar a carteira do investidor de uma forma acessível e simples. Além disso, por esse meio, há uma maior transparência em relação aos retornos. 

Já no caso das BDRs, uma instituição depositária obtém os investimentos do exterior e fica com eles sob custódia. Dessa forma, geram-se os BDRs. Só que, a liquidez dos mesmos é mais restrita.

O que levar em conta antes de investir em REITs?

Esse tipo de investimento tem particularidades que atraem muitos investidores. No entanto, antes de qualquer coisa, é preciso entender o seu próprio perfil. 

Também é essencial definir o quanto você está disposto a correr riscos. Isso porque, investidores mais conservadores podem não se sentir tão à vontade nessa modalidade.

Não se esqueça de levar em consideração as suas próprias metas. Por exemplo, avalie se possui real interesse no mercado imobiliário dos EUA.

Conheça os prós e os contras dos REITs

Definir se esse investimento vale a pena ou não, depende do perfil de cada investidor e seus objetivos. Mas, a fim de ajudá-lo nisso, compare as principais vantagens e desvantagens desses ativos.

Prós

Um dos benefícios de investir em REITs é a chance de tornar a sua carteira mais internacional. Afinal, como estão disponíveis nos EUA, essa é uma oportunidade de dolarizar o seu patrimônio. 

A partir disso, o seu capital vai estar visível para um mercado mais forte e talvez um pouco menos exposto a oscilações, como é o caso da economia do Brasil. 

É comum, inclusive, que a moeda brasileira tenha uma relação oposta à americana. Pois quando o real está em baixa, muitas vezes o dólar está valorizado.

De forma resumida, os REITs trazem um equilíbrio maior a sua carteira, além disso, oferecem mais diversificação em seus investimentos.

Contras

Para investir nesses ativos, é essencial estar disposto a correr riscos. Dessa forma, investidores mais conservadores podem se arrepender dessa decisão. Isso porque, como são de renda variável, não se garante bons retornos. 

O REIT é um bom tipo de investimento?

Agora você tem uma noção mais ampla sobre o que são REITs. Dessa forma, se possui um perfil de investidor que não se importa em correr riscos, essa é uma boa opção para diversificar o seu portfólio e dolarizar o seu patrimônio.

Brasileiro, investidor curioso de renda variável, professor de pós-graduação na PUC Minas na área de Marketing Digital, atua como Consultor de Marketing Digital e Gestão de CRM atendendo empresas de diversos portes. Tem formação em Business Marketing pela Ohio University, Gestão de Pessoas e Especialista em Desenvolvimento Web pela PUC Minas e Produtor Multimídia pela UniBH. Também é fundador do Diário de Investimentos, Aplicativo Tricks (Guia Radical), Teste de Digitação Online e da Digitow - Plataforma de Digitação. No tempo livre é fotógrafo, viajante no mundo e praticante de esportes radicais. blogueiro no portal de experiências CV do Fábio.
Post criado 141

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo