Diferença entre investimento e especulação veja como cada uma funciona

Diferença entre investimento e especulação: veja como cada uma funciona

Muitas pessoas se perguntam qual a diferença entre investimento e especulação, e entender como cada uma funciona é importante para evitar perda de capital e conseguir criar a estratégia mais eficiente.

É comum que quem não entende como essas estratégias funcionam, acabe perdendo muito dinheiro. Então, para evitar que isso ocorra com você, veja as principais diferenças entre eles e escolha qual mais combina com seu estilo.

O que é investimento?

Para entender a diferença entre investimento e especulação você deve conhecer os termos. A princípio, o investimento, também conhecido como buy and hold, é a compra de uma ação ou moeda estrangeira na expectativa de um retorno lucrativo.

Isto significa que você “gasta” uma quantia na esperança de que ela aumente. Assim, o investimento está ligado a ações, que são partes de um negócio. Portanto, com o passar do tempo, seu dinheiro rende e receberá os juros por sua ação.

Diferença entre investimento e especulação: o investidor

O investidor é aquela pessoa que compra e vende as ações, visando sempre o lucro. Mas, há perfis diferentes desse personagem. Aliás, pode ser alguém dedicado apenas a este trabalho, ou fazê-lo para ter renda extra.

Geralmente a estratégia é simples, adquirir uma ação e manter ela por bastante tempo consigo. Dessa forma, o investidor cria estratégias de longo prazo e seu foco principal é investir em startups, empresas novas e com potencial de crescer no mercado.

O que é especulação?

A principal diferença entre investimento e especulação está no período de tempo. Portanto, a especulação ou day trade, se trata de uma estratégia de curto prazo.

Tem como objetivo explorar as mudanças de curto prazo para obter lucro, aproveitando a variação do mercado. Aliás, na maior parte dos casos, este processo ocorre pela bolsa de valores e devem ser iniciadas e finalizadas sempre no mesmo dia.

Conheça o especulador: diferença entre investimento e especulação

O especulador, não aplica o capital desejando o crescimento de uma empresa ou possíveis ganhos futuros. Na verdade, ele utiliza operações efetuadas nos mercados financeiros na bolsa de valores.

Não tem interesse em ser sócio de uma empresa e suas ações focam sempre nas alterações de preço, sendo esta a principal diferença entre investimento e especulação.

O objetivo dele é simples: lucrar com a diferença entre a compra e a venda, ganhando capital. Assim, somando as operações bem sucedidas, tentando mantê-las acima das negociações fracassadas.

Diferença entre investimento e especulação

A principal etapa do processo de buy and hold é conhecida como análise fundamentalista. Neste processo, analisa-se fatores como endividamento e lucro da empresa. Então, com base nestes dados, seleciona-se as empresas com as melhores possibilidades.

Já a day trade, ou especulação, tem como estratégia apenas o valor do mercado naquele momento. Como o nome sugere, são processos iniciados e finalizados no mesmo dia. Sendo esta a principal diferença entre investimento e especulação.

Características dos atores de mercado

O investidor foca no potencial de crescimento de uma empresa e visa participar dos lucros e da evolução do negócio, assim seus ganhos são de longo prazo. Por isso, eles precisam estudar bem em que investir, para evitar perdas.

Já o especulador visa ganhos rápidos se baseando nas mudanças do mercado. Dessa forma, eles podem mudar de estratégia várias vezes, comprando e vendendo o capital. O importante não é ganhar sempre, mas sim ganhar mais do que se perde.

A especulação é negativa?

Agora que você já sabe a diferença entre investimento e especulação, veja o porquê de muitas pessoas acharem a segunda uma ação negativa.

Por ser um lucro de curto prazo, mudanças na bolsa de valores, quedas da moeda e crises financeiras sempre abalam especuladores. Além disso, existe o risco de se perder mais do que ganha, se não souber como agir. Então, a especulação não é negativa e sim arriscada.

Como o próprio nome diz, é apenas especular, logo, não existem garantias para ninguém que escolha esse caminho. Mesmo assim, a especulação não é ruim por si só, é apenas mais incerta que um investimento de longo prazo.

Diferença entre investimento e especulação: dicas para investir 

Você já viu a diferença entre investimento e especulação e sabe qual caminho quer seguir. Portanto, caso escolha investir, é importante saber quais qualidades precisa ter e quais ações deve realizar.

Algumas dicas para ter sucesso são:

  • Estude contabilidade;
  • Leia balanços e demonstrativos das empresas avaliadas;
  • Busque uma mentalidade mais racional e não emocional;
  • É uma jornada de longo prazo, não espere lucros imediatos;
  • Tome cuidado na hora de tomar cada decisão.

Com esses cuidados você garante um investimento bem sucedido e um lucro rentável. Mas, vale ressaltar que nem sempre as coisas acontecem como planejamos. Por isso, a última dica é: nunca invista mais dinheiro do que pode.

Não adianta nada se o investimento não valer a pena para você, deve ter cuidado para não ficar endividado no fim das contas.

Veja dicas para fazer a especulação

Caso escolha o caminho mais ousado e deseje especular, veja algumas dicas para ser um bom especulador:

  • Não especule achando que está investindo;
  • Nunca será algo para longo prazo, entenda isso;
  • Busque sempre o melhor lucro imediato;
  • Nunca arrisque mais dinheiro do que pode perder;
  • Separe uma parte do seu dinheiro para isso;
  • Nunca gaste todo o seu dinheiro especulando.

Muitos especuladores também investem em longo prazo, assim eles garantem dinheiro a um curto e um longo período de tempo.

Diferença entre investimento e especulação: qual a melhor?

Apesar da diferença entre investimento e especulação não existe melhor ou pior. O que há são tipos diferentes de interesses e você deve decidir o melhor para o seu perfil.

É uma decisão que está nas suas mãos, se prefere algo a longo prazo e mais certo, ou imediato e sem garantias. Portanto, observe e escolha com cuidado, pensando sempre no que é melhor para você.

Tenha em mente suas prioridades, não gaste mais do que pode e siga o melhor caminho para você. Afinal, nem todo mundo é igual, às vezes, o que funciona para um não funcionará para você. Por isso, o mais importante é se conhecer primeiro.

Foto de M. B. M. em Unsplash

Brasileiro, investidor curioso de renda variável, professor de pós-graduação na PUC Minas na área de Marketing Digital, atua como Consultor de Marketing Digital e Gestão de CRM atendendo empresas de diversos portes. Tem formação em Business Marketing pela Ohio University, Gestão de Pessoas e Especialista em Desenvolvimento Web pela PUC Minas e Produtor Multimídia pela UniBH. Também é fundador do Diário de Investimentos, Aplicativo Tricks (Guia Radical), Teste de Digitação Online e da Digitow - Plataforma de Digitação. No tempo livre é fotógrafo, viajante no mundo e praticante de esportes radicais. blogueiro no portal de experiências CV do Fábio.
Post criado 77

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo