Descubra qual a melhor idade para começar a falar sobre dinheiro com crianças

Veja quais as melhores dicas para falar sobre dinheiro com crianças

Muitos pais têm dúvidas de como ou quando falar sobre dinheiro com crianças. Então, aqui você vai ver dicas de como introduzir esses assuntos nessa idade. Além disso, vai saber como é algo tão importante para serem bem sucedidos no futuro.

Continue a sua leitura e esteja preparado para tratar de educação financeira com seu filho. Por fim, pegue papel e caneta para anotar o que deve colocar em prática.

Porque falar sobre dinheiro com crianças?

A educação financeira é algo importante na vida de todos os cidadãos. Porque, por meio dela, é que se alcança a independência monetária de alguém. Por isso, é tão importante falar sobre dinheiro com crianças.

Com essa atitude as crianças podem crescer sabendo o valor das coisas. Assim, você vai formar pessoas que dificilmente vão se afogar em dívidas no futuro. Já que as bases para economizar e gastar com consciência você fez na primeira infância.

Muitas pessoas associam riqueza e dinheiro a sorte ou acaso. Porém, não é bem assim, uma vez que isso é fruto de esforço e organização. Logo, é de total importância ensinar os menores a lidar com finanças.

Falar sobre dinheiro com crianças na escola

No começo de 2020 passou a ser obrigatório que as escolas ensinassem educação financeira às crianças. Afinal, isso virou uma entre as matérias da base comum curricular.

É uma proposta muito positiva para todo o país. Isso porque, crianças de diferentes regiões e realidades poderão saber usar bem o seu dinheiro. Ou até mesmo ascender economicamente.

Como falar sobre dinheiro com crianças

Esse assunto é novo para a maioria dos brasileiros. Por isso, muitos não sabem como introduzi-lo para os seus filhos. Não existe uma fórmula já pronta para tratar de dinheiro com as crianças. 

Já que aquilo que serve para uma família pode ser um desastre para outra. Por isso, procure adequar e filtrar tudo o que você vai ver aqui para a sua real situação.

Os pais devem conversar sobre suas finanças antes de começar a apresentar o assunto aos filhos. Com isso, eles podem entrar em consenso sobre como será tratado. Caso tenham dúvida procure um profissional como o contador.

Dar exemplo

As crianças costumam repetir aquilo que observam. Por isso, o exemplo dos pais é algo que fica na cabeça delas. Então, os seus filhos repetem a sua relação com o financeiro da família.

Quando você separa os gastos do mês, ou faz uma lista de compras, seu filho vê. Logo, ele percebe que é preciso organizar o seu dinheiro.  

4 dicas para a educação financeira infantil

Quando seus filhos aprendem esse tema, passam a ter uma relação melhor com as finanças. Por isso, veja algumas dicas de como falar sobre dinheiro com crianças.

  1. Fale desde cedo sobre dinheiro;
  2. Use lições reais;
  3. Ensine a diferença entre necessidade e vontade;
  4. Mostre a importância de economizar.

A seguir, entenda como colocar cada uma dessas dicas em prática. Assim, será mais fácil ensinar sobre dinheiro para as crianças.

1 – Comece a falar sobre dinheiro com crianças cedo

Com quatro anos, a maioria das crianças já quer brincar com moedas. Aliás, algumas até querem engolir ou colocar no ouvido. Mas, é preciso mostrar para que servem e como usá-las para comprar.

Use o interesse delas a seu favor para começar a apresentar o tema para elas. Então, a melhor maneira de fazer isso é com historinhas. Assim, você desperta a imaginação e faz com que aprendam.

2 – Use lições reais ao falar sobre dinheiro com crianças

Uma boa ideia é levar o filho quando for comprar algo, porque ele aprende vendo você. Ou mesmo, dar o dinheiro a ele para entregar ao vendedor. Com isso, faz com que ele veja como o sistema funciona.

3 – Ensine a diferença entre necessidade e vontade

Não é difícil encontrar uma pessoa compulsiva por compras. Porque muita gente não sabe diferenciar vontade de necessidade e acaba cheia de dívidas. Por isso, eduque o seu menor quanto a diferença desses dois conceitos.

4 – Mostre a importância de economizar

Lembre-se de mostrar aos seus filhos que o dinheiro também ajuda a realizar sonhos. Porém, para isso acontecer é preciso ter controle de gastos. Logo, você incentiva o uso da maneira correta desde cedo.

Toda criança deve receber mesada?

A maneira mais comum de falar sobre dinheiro com crianças é a mesada. Porque esse se torna o primeiro contato delas com uma quantidade própria. Assim, elas percebem que precisam guardar para ter os brinquedos ou aparelhos que quiserem.

Não existe uma regra específica de quanto você precisa dar por idade. Mas, é claro que você não deve dar R$ 300 para uma criança de cinco anos. 

Falar sobre dinheiro com crianças serve para a vida

Você já viu a importância de falar sobre dinheiro com crianças. Por isso, comece a introduzir o assunto aos seus filhos ou aos pequenos que convivem contigo. Já que agora sabe dicas e estratégias para fazer isso.

Adultos que falam de dinheiro com os pequenos formam pessoas melhor resolvidas. Logo, elas terão mais chances de investir e ter uma vida financeira estável. Por fim, não esqueça que o exemplo é o que mais ensina, logo se eduque em relação ao dinheiro.

Imagem de klimkin por Pixabay

Brasileiro, investidor curioso de renda variável, professor de pós-graduação na PUC Minas na área de Marketing Digital, atua como Consultor de Marketing Digital e Gestão de CRM atendendo empresas de diversos portes. Tem formação em Business Marketing pela Ohio University, Gestão de Pessoas e Especialista em Desenvolvimento Web pela PUC Minas e Produtor Multimídia pela UniBH. Também é fundador do Diário de Investimentos, Aplicativo Tricks (Guia Radical), Teste de Digitação Online e da Digitow - Plataforma de Digitação. No tempo livre é fotógrafo, viajante no mundo e praticante de esportes radicais. blogueiro no portal de experiências CV do Fábio.
Post criado 111

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo