O que é ETF?

O ETF (Exchange Traded Fund) é um fundo de ações que tem como referência um índice da bolsa de valores. Então, a composição é feita com o objetivo de atingir rendimentos iguais ou superiores ao indicador utilizado, por exemplo BOVA11 tem como referencial o índice Bovespa (IBOV).

A gestão deste investimento é feita por um gestor especializado. Diariamente, ele acompanha o mercado e faz as compras e vendas necessárias para obter os melhores resultados.

ETF tem sido uma forma eficiente de investir em ações, que se destaca pela diversificação e baixo custo. Na prática, são fundos que representam índices e são negociados em bolsa de valores. Permitem acessar mercados amplos, sem a necessidade (e o custo) de comprar cada ativo individualmente.

No Brasil, este investimento ainda é bastante recente. Ele foi lançado em 2004. Enquanto que, nos EUA, ele já é negociado desde 1993.

Características do ETF

Antes de investir em um ETF, você precisa conhecer quais são as suas características. Assim, você pode verificar se elas estão alinhadas com os seus objetivos como investidor. Conheça cada uma delas:

Gestão passiva: a rentabilidade está atrelada a um índice de referência da renda variável como, SMLL, IBOV e IDIV. Então, a composição do ETF é ajustada com o objetivo de resultado igual ou superior ao referencial.

Diversificação: esta é uma das características mais interessantes deste investimento. Com apenas uma cota, você tem acesso a diversas ações.

Custos: os custos das cotas são bem acessíveis. Hoje, você encontra bons ETFs a partir de R$ 50,00. O lote mínimo de compra é 10 cotas.

Liquidez: os ETFs são negociados diariamente na bolsa de valores. Então, é fácil adquirir ou vender as suas cotas a qualquer momento.

Acessibilidade: as negociações são realizadas diretamente no home broker. Assim, você pode fazer as suas operações sem sair de casa.

Tributos: os ETFs estão sujeitos ao Imposto de Renda, ao contrário das ações, onde as vendas mensais abaixo de R$ 20 mil são isentas. Nos próximos tópicos, vamos mostrar com mais detalhes.
Reinvestimento: os proventos recebidos pelas ações que compõe o ETF são reinvestidos para o aumento e valorização do seu patrimônio.

Transparência: todas as documentações são disponibilizadas ao investidor. Portanto, você sabe tudo o que acontece no seu fundo de índice.

Vantagens e desvantagens dos ETFs

Vantagens
Baixo custo: comprar um ETF gera muito menos taxas transacionais do que comprar todas as ações que ele representa; e a taxa de administração do ETF é muito mais barata que as taxas de administração de fundos de investimento tradicionais
Praticidade: ETFs facilitam o processo de decisão e permitem comprar várias ações de uma vez só 
Diversificação: permite diversificar carteiras de forma mais simples, sem ter que comprar e vender vários ativos individualmente
Transparência: diferentemente dos fundos tradicionais, você sabe exatamente em que está investindo
Desvantagens
tributação é a mesma dos fundos de ações, que é um pouco menos vantajosa que a tributação sobre o investimento direto em ações. O investimento direto em ações possui duas isenções das quais os fundos não gozam: (i) isenção para vendas de até R$ 20.000 por mês; e (ii) isenção de IR sobre os dividendos. Para os fundos de ações e ETFs de ações, o IR é de 15% sobre o ganho 
Alguns ETFs setoriais ainda apresentam pouca liquidez 
Dificuldade de compreensão do funcionamento pelo investidor (que estamos tentando ajudar a resolver com este artigo!)

Em contrapartida, não é possível escolher a composição dos ativos. Esta é função do gestor especializado. Caso você tenha interesse em ações específicas, esta não é a melhor alternativa.

Brasileiro, investidor curioso de renda variável, professor de pós-graduação na PUC Minas e UNIPAC na área de Marketing Digital, atua como Consultor de Marketing Digital atendendo empresas de diversos portes e também trabalha com gestão de CRM e funil de marketing e vendas. Tem formação em Business Marketing pela Ohio University, Gestor de Pessoas e Especialista em Desenvolvimento Web pela PUC Minas e Produtor Multimídia pela UniBH. No tempo livre é fotógrafo, viajante no mundo e praticante de esportes radicais. Também é criador do Aplicativo Tricks (Guia Radical), blogueiro no CV do Fábio, Diário de Investimentos e fundador do Curso de Digitação Online. Site do Fábio G. Silva
Post criado 27

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo